#Entrevista7: O Show do Tiago e as melhores receitas da internet

(Créditos: Mayara Collere)


“Oi, zenti. Tudo bem?”

É assim que começam a maioria dos vídeos do atual xodó aqui do À Paulista: o canal e a página O Show do Tiago. Descobrimos o Tiago após ver um vídeo no facebook, e, desde então, já viramos fãs. O garotinho, de apenas quatro anos, tem se tornado fenômeno ao reunir, toda semana, muita fofura, descontração e referências nerds. Tem como não amar? 

No Youtube desde novembro de 2016, o canal começou mostrando coisas legais que o Tiago gosta, como a paixão pelos personagens de Star Wars, e livros, no entanto, o que realmente chama atenção do público (nos incluímos nessa) são os vídeos dele na cozinha. 

Um dos mais engraçados é o que ele resolveu fazer uma receita muito especial: um bolo de caneca de erva mate. Vendo os ingredientes já dá para imaginar que o resultado não parece muito promissor, e, no final, nos surpreendemos com a impagável cara do Tiago falando que “não ta bom” (Assista: https://youtu.be/OaUDZeA3000)


Outro ponto que conquista os nerds, cinéfilos e apaixonados por séries de plantão, são as referências! Nos últimos meses ele já fez receitas inspirado em: Harry Potter, Stranger Things, How I Met Your Mother e Breaking Bad. Em todos os casos, as receitas recebem nomes especiais e decorações e o Tiago utiliza bordões clássicos como 'Legen... wait for it... Dary', falada constantemente por Barney Stinson em HIMYM e 'Eu Sou o Perigo', frase usada por Walter White (Ou seria o Heisenberg?) em BB. 

Tiago incorporando o próprio Harry Potter (Crédito: Facebook 'O Show de Tiago')

Tiago no maior estilo rock n' rollzanan (Crédito: Facebook 'O Show de Tiago')

Para saber mais sobre os vídeos, as inspirações do canal e a repercussão que ele tem tomado, conversamos com o Tiago e os pais dele, o professor de português Luiz Fernando Riesemberg e a professora universitária Rafaela Riesemberg! Confira o papo na íntegra: 

À Paulista: Quando vocês decidiram começar a gravar o Tiago? 

Luiz Fernando: Nós sempre procuramos oferecer a ele atividades diferentes, para evitar ao  máximo que ele passe o tempo assistindo TV. Uma dessas alternativas foi fazer um  vídeo dele falando sobre um livrinho de que ele gostava. O resultado ficou tão bom  que nós postamos o vídeo para os amigos, que gostaram e pediram mais. Depois de um tempo experimentamos gravar um vídeo do Tiago fazendo uma receita de cookies, e aquele foi o mais divertido de fazer e o que mais fez sucesso até então. Assim decidimos continuar nesta linha. 

À Paulista: Ele sempre foi comunicativo ou os vídeos estão o ajudando nessa questão? 

Luiz Fernando: Sempre foi, mas os primeiros vídeos foram feitos quando ele ainda estava  começando a falar frases inteiras. Hoje temos notado que as gravações o estão ajudando a desenvolver sua fala, a aumentar o seu vocabulário, a aprender inglês, a cantar músicas e a se socializar, entre outros benefícios. 

À Paulista: Algum vídeo já deu tão errado que vocês nem conseguiram postar? 

Luiz Fernando: Não. Achamos que a graça dos vídeos está justamente naquilo que dá errado durante as receitas. É importante que tudo saia muito natural e espontaneamente. Quando ligamos a câmera, até para nós é uma surpresa o que vai acontecer em seguida. 

À Paulista: Como escolhem os temas dos vídeos? 

Luiz Fernando: Nós assistimos a muitos filmes e séries, e sempre estamos pensando no que  poderia render um vídeo engraçado. E hoje em dia recebemos muitas sugestões dos fãs, e procuramos atender as mais frequentes. Mas nós precisamos gostar do tema, senão não funciona. 

À Paulista: Por que um canal "gastronômico" com o Tiago? 

Luiz Fernando: Desde bem pequeno o Tiago sempre se interessou pelo que fazíamos na cozinha.  Quando começávamos a cozinhar, ele largava tudo o que estava fazendo para ficar ao nosso lado, observando e ajudando. Gravar os vídeos de receitas é uma forma dele fazer o que tem vontade. Assim ele aprende e se diverte ao mesmo tempo. Hoje nós achamos que cozinha também é lugar de criança, desde que com a supervisão de um adulto. Criança gosta de se sentir útil.  

À Paulista: Já assistiram com o Tiago todos os filmes / séries que foram referência nos 
vídeos? 

Luiz Fernando: Com o Tiago não, porque a maioria é imprópria para a idade dele. Em alguns casos nós mostramos somente uma ou outra cena, para ele entrar no clima. No caso de Breaking Bad, por exemplo, ele assistiu a uma cena no laboratório, mas falamos a ele que os personagens eram cientistas fazendo experiências. É interessante ressaltar que o maior público do Show do Tiago não é formado por crianças, e sim por jovens adultos, entre 18 e 34 anos. 

À Paulista: Quando começaram a perceber que o trabalho na internet estava dando certo de verdade? 

Luiz Fernando: Sempre que alguém deixa um comentário comovente, sentimos que estamos no caminho certo. Às vezes há pessoas que dizem que estavam tendo um dia horrível, mas que ao assistir a um vídeo nosso, puderam sorrir. Já ouvi o Tiago ser considerado “o rei dos videozinhos para tirar da bad”. Também recebemos o relato da mãe de um menino autista que não gostava de experimentar novos alimentos, e que passou a querer comer tudo o que o Tiago cozinha. Financeiramente, ainda estamos gastando mais dinheiro com a produção dos vídeos do que ganhando, pois é difícil encontrar patrocínio, mas estas demonstrações de carinho fazem tudo valer a pena.  

À Paulista: Ele também dá ideias sobre receitas que quer gravar ou personagens para se 
inspirar? 

Luiz Fernando: Ele dá ideias e tem se mostrado cada vez mais autônomo durante as gravações. No início tínhamos que dizer exatamente tudo o que ele deveria falar e fazer, e hoje precisamos direcioná-lo muito menos, pois ele sozinho já inventa falas e toma suas decisões. E tudo o que ele cria fica muito natural e divertido. 


Perguntas e respostas com o Tiago:

À Paulista: Qual vídeo você mais gostou de gravar até hoje? 

Tiago: O do bolo de caneca de erva mate e aquele que eu fui lá no estúdio do Elvis 
conhecer ele.

À Paulista: Qual receita você ainda quer gravar? 

Tiago: Uma bolacha negresca com paçoquita e doce de leite dos Minions, daí eu vou 
chamar o meu amigo Minion pra fazer comigo. 

À Paulista: Você gosta de ser reconhecido na rua? 

Tiago: Gosto. Eu fico muito feliz. E também fico feliz se eu ver palhaço, porque palhaço é engraçado. E se eu encontrar o Papai Noel eu vou dar dinheiro pra ele, para ele comprar presente para as crianças e papel de presente pra embrulhar. 

À Paulista: Na escolinha você fala que tem um canal?  

Tiago: Eu falo bem baixinho no ouvido dos meus amigos: eu tenho um canal muito bom, 
com muitos vídeos, que chama O Show do Tiago.  

Luiz Fernando (pai), Tiago e Rafaela Riesemberg (mãe) (Créditos: Mayara Collere)

Veja os vídeos do Tiago:

Nenhum comentário:

Postar um comentário