#Playlist01: para transar ao som de The Weeknd (+18)

Quem nunca ouviu The Weeknd e ficou com vontade de transar, não é mesmo? Por isso, selecionei algumas músicas dele e fiz uma ordem bem bacana para fazer aquele sexo gostoso. Confere aí:


The hills (hora da sedução. Ótima música para o pele a pele, quando os toques começam, os corpos arrepiam e os beijos começam).

Eike pele macia!















In the night (momento excelente para dar start à pegação forte. Pode dar aqueles beijos hard, mordidinhas na orelha e arrancar as roupas tudo).

Conta um segredo aqui no meu ouvidinho!





















Dark times (deixe o parceiro te chupar).

Desce aqui pro playground...












Shameless (deixe que continue te chupando).

Que linguão!






















Aquainted (agora é sua vez: chupe seu parceiro bem gostoso).

Não esquece de guardar os dentes!















Often (pode chupar mais um pouquinho).

Cansa não, viada. Aguenta só mais um pouco.












Can't feel my face (essa é para quando a penetração está bem começando mesmo. Momento mais agitadinho, em que estamos nas posições que exigem maior resistência. Essa música certamente será o fôlego a mais).

Uhuu! Só vai.












Belong to the world (mantenha o ritmo. Essa faixa vai te manter de ponta cabeça).

Mas a gente não. Pode vir dormir com nós tudo!











Losers (ótimo momento para sentar rebolando mesmo. E vai no ritmo da música, que acelera e dá umas acalmadas no time ideal).











Starboy (momento da foda em que o ritmo diminui, mas a penetração está gostosa).
















Kiss land (hora de se permitir: são seis minutos para dar o melhor de si).














Love in the sky (momentos finais da performance. Essa música é ideal para terminar de meter e gozar gostoso).














Earned it (agora que o sexo chegou ao final, que tal ficarem deitadinhos curtindo o clima? Essa música é perfeita para a ocasião).


















Agora é só chamar a pessoa com quem quer transar, apertar o play e aproveitar os 56 minutos de prazer (dá pra fazer um estrago com esse tempo, vai).






* Esse post foi feito inspirado em mim mesma em uma relação hétero. Sintam-se à vontade para adaptar as dicas à transa de vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário