Vamos começar?

Começar alguma coisa do zero é sempre uma tarefa difícil. Me deparo com essa folha em branco e tudo o que consigo pensar é em como vou começar mais um texto, mais um blog, mais um site...

A maioria deve pensar: “ah, mas para um jornalista é fácil fazer isso, ele faz isso sempre”. Só que não. A cada dia, a cada vez, a cada pauta, a gente sofre mais e mais por não querer começar com o mesmo lead de antes, por não cometer o mesmo erro (às vezes) de antes ou por querer fazer melhor dessa vez. Mas não achem que é tão simples assim.

Em um mundo onde dizem que “tudo se copia, nada se cria”, isso, talvez, até seja verdade. Mas para os loucos, aventureiros, criativos e que têm sede de arriscar, riscar mais um papel em branco só aumenta a satisfação interior, que fazemos questão de explodir por aí.

Confesso que neste exato parágrafo travei de novo. Isso costuma acontecer com frequência, não liguem. Mas vamos lá, prometo que vamos falar sobre entretenimento, cultura e todas as notícias que nos cercam, com uma visão bem 'À Paulista', sem travar e abertamente (risos).

Minha sorte é que tenho como parceiras a Sabrina Trizote e a Tarla Prado, que também são jornalistas. Pode ser que elas travem bastante também, mas eu sei que é muita sorte fazer tudo isso aqui junto delas.

Esperamos que gostem, que acompanhem o 'À Paulista' e também sigam-nos nas redes sociais.


Beijas das Meninas Super Poderosas, das Três Espiãs Demais, das Panteras e por aí vai...


Nenhum comentário:

Postar um comentário